Notícias
25 Nov. 2019 «Prior de Tibães» candidato a Árvore do Ano 2020 A votação online do concurso da árvore portuguesa que representará Portugal no Concurso Europeu Árvore do Ano 2020 está a decorrer até 1 de dezembro. O pinheiro bravo «O Prior de Tibães», existente no Mosteiro de Tibães, em Braga, é um dos finalistas. Evento
O Prior de Tibães

Espécie: Pinheiro Bravo (Pinus Pinaster Aiton)
Idade: 210 anos
Altura: 47 metros
Perímetro do Tronco: 4.11 metros
Localidade: Mire de Tibães, Braga


Esta árvore monumental está localizada na maior Cerca monástica preservada em Portugal, pertença do histórico Mosteiro de São Martinho de Tibães. O Prior de Tibães é a árvore mais imponente do jardim barroco construído pela ordem monástica Beneditina, que geriu o espaço até à sua expulsão, em 1834. Nos seus mais de 200 anos de vida, foi testemunha de inúmeros momentos históricos da região e do país, sendo atualmente um "monumento vivo” cuja memória merece reconhecimento.

Votação online, até 1 de dezembro, aqui: https://portugal.treeoftheyear.eu/Vote 


A organização do concurso nacional está entregue à UNAC – União da Floresta Mediterrânica. Quanto ao evento Árvore Europeia do Ano irá decorrer entre fevereiro e abril do próximo ano, com uma final constituída pelos vencedores dos diferentes concursos nacionais.

O concurso surgiu em 2011 e foi inspirado no popular concurso checo Árvore do Ano, organizado pela Czech Environmental Partnership Foundation em que participam 13 países sob a organização da EPA – Environmental Partnership Association.

O propósito da Árvore Europeia do Ano é destacar a importância das árvores antigas na herança cultural e natural, que merece toda a nossa atenção e protecção.

Ao contrário de outros concursos, a Árvore Europeia do Ano não se foca apenas na beleza, no tamanho ou na idade da árvore, mas sim na sua história e relações com as pessoas.